Porque nem tudo é rosa
Porque nem tudo é rosa

Estamos em outubro, uma das épocas que mais gosto no meu trabalho. Falar de prevenção, me juntar a centenas de mulheres para discutir melhorias, informar, participar e confraternizar a luta e cura de muitas delas é uma alegria.

Promover conhecimento é nosso dever. Poder somar na sociedade em que vivemos, espalhar conscientização é muito importante.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA/Ministério da Saúde, para 2018 e 2019 serão diagnosticados 59.700 casos novos para cada ano, o que corresponde a 29,5% dos casos de câncer em mulheres, esse número é muito grande, cabe a cada uma de nós ajudarmos para que essa estatística seja mudada.

Este, é o segundo ano que enviamos a exposição Mulheres no Espelho Outubro Rosa para Mirinzal que fica a 124 km de São Luis – Maranhão um evento já existente no calendário da cidade que recebe todo o material do Instituto Viver Hoje inclusive para ser trabalhado em escolas locais.

Nos espalhamos por cidade do Brasil, estações de metrô, shoppings para que o maior número possível de pessoas sejam impactadas pela conscientização. Precisamos nos habituar a observar o próprio corpo, para que possamos perceber mudanças mínimas, fazer exames anuais e motivar outras mulheres a fazer o mesmo. Essas são atitudes que mudam vidas!

Ao longo do ano todo, trabalhamos incansavelmente com campanhas educativas, videos sobre diagnóstico e tratamento com os melhores especialistas do Brasil.

Temos consciência das dificuldades que as pacientes oncológicas enfrentam no Brasil, muita coisa precisa mudar como: aprimorar o dignóstico precoce, a falta de medicamentos, a demora nos exames, pacientes que precisam se deslocar de sua cidade para se tratarem em um centro de referência oncológica devido a falta de equipamentos de ponta e médicos. É precise nos juntarmos para que essas melhorias possam acontecer. Te convido a ser um agente transformar onde você mora, procure grupos no seu bairro, discuta o assunto. Porque juntas somos mais forte!